A precisão das medições de viscosidade é vital para a determinação exata de tamanho e zeta potencial.

Para a medição do tamanho, a velocidade de movimento browniano é diretamente relacionada à viscosidade. Portanto, como essa velocidade é utilizada em DLS para determinar o tamanho, um erro de 1% na viscosidade levará a um erro de 1% no tamanho registrado.

Para a medição do potencial zeta, a viscosidade do dispersante é proporcional à viscosidade da amostra. Portanto, novamente, um erro de 1% na viscosidade levará a um erro de 1% no potencial zeta. Como muitos aditivos, tais como surfactantes, polímeros e álcoois, afetam significativamente a viscosidade da amostra, as estimativas da viscosidade podem ser imprecisas.

O SV-10 é um acessório independente e particularmente útil em dispersantes complexos quando não existem valores padrão na literatura referentes à viscosidade.

Como, de modo geral, as medições de tamanho e potencial zeta envolvem a diluição da amostra, geralmente basta medir a viscosidade do dispersante. Isto é particularmente útil para as proteínas diluídas, já que os tampões estão geralmente disponíveis em grandes quantidades.

A unidade inclui células de medição para amostras aquosas, células de vidro para medições não aquosas e um suporte de célula controlado por termostato para medições a uma temperatura definida. Para tal, é necessário providenciar um banho de água em recirculação, que não está incluído.

  • Rapidez e continuidade nas medições da viscosidade de fluidos de 0,3 a 10.000 mPa.s. (cP).
  • Compatível com qualquer líquido newtoniano, aquoso e não aquoso.
  • 15 segundos para a medição completa.
  • 1% de precisão.
  • 1 ponto de calibração automatizado com água.
  • 10 mL de volume da amostra.
  • Software para PC incluído para controle do sistema e construção contínua dos gráficos de viscosidade.

O SV-10 é um 'viscosímetro vibratório' que utiliza pás vibratórias para medir a viscosidade da amostra.

Dois discos idênticos, chapeados a ouro, sobre hastes de apoio, dispostos como um diapasão, são inseridos na solução a ser medida.

Um atuador bate nos suportes das pás, fazendo-as vibrar a uma frequência e um deslocamento característicos das pás. A viscosidade da solução atenua essa vibração, e um sensor mede a redução no deslocamento. O atuador, em seguida, ativa continuamente as pás para manter o deslocamento constante. O tempo necessário para atingir um valor estável é inferior a 15 segundos. A corrente exigida pelo atuador é medida, e este é calibrado para fornecer a viscosidade.

Para amostras próximas da viscosidade da água, para atingir uma precisão de 1%, basta usar água para calibrar o sistema. Para simplificar o processo, há um método que requer o uso de um único botão. Para medir uma ampla faixa de viscosidades, faz-se uma calibração de vários pontos com óleos padrão.

Compatibilidade do sistema:
Medição independente.
Compatibilidade da amostra:
Qualquer líquido newtoniano.
Faixa de medição:
0,3 a 10.000 mP.s (cP).