De acordo com as regulamentações aplicáveis, incluindo a Seção 54 do UK Modern Slavery Act de 2015 e o California Transparency in Supply Chain Act de 2010, a Malvern Panalytical apresenta a seguinte declaração:

A Malvern Panalytical faz parte da Spectris Group Plc. A Spectris desenvolve e comercializa instrumentos e controles que aumentam a produtividade. A Spectris teve faturamento de 1.345 milhões de libras em 2016 e emprega cerca de 9.000 pessoas em todo o mundo.

A Malvern Panalytical e a Spectris são totalmente empenhadas em impedir a escravidão e o tráfico de pessoas em suas atividades corporativas e garantir que suas cadeias de fornecimento também não realizem essas práticas. Temos o compromisso de promover práticas de negócios responsáveis com nossos fornecedores.

1 Verificação da cadeia de fornecimento

1.1 Due diligence

A Malvern Panalytical realiza a due diligence quando considera a possibilidade de aceitar novos fornecedores e avalia regularmente seus fornecedores existentes. A due diligente e as avaliações da organização incluem:

  • Mapear cadeia de fornecimento com base nos 20 principais Países por Estimativa Absoluta de Escravidão Moderna identificados no Índice de Escravidão Global de 2014 para avaliar os riscos geográficos de escravidão moderna e tráfico de pessoas;
  • Avaliar os riscos de escravidão moderna e tráfico de pessoas de cada novo fornecedor;
  • Avaliar regularmente todos os aspectos da cadeia de fornecimento com base no mapeamento da cadeia de fornecimento;
  • Realizar auditorias dos fornecedores e certificá-los, usando a própria equipe de auditoria da Spectris treinada e certificada, de maneira independente, em SA800 com base no padrão internacional de Responsabilidade Social SA8000, com auditorias específicas adicionadas para cobrir o nível de foco mais elevado em escravidão e tráfico de pessoas exigido pela Seção 54 do UK Modern Slavery Act de 2015 e pelo California Transparency in Supply Chain Act de 2010;
  • Por meio do processo de auditoria, criar um perfil de risco anual para cada fornecedor;
  • Por meio do processo de auditoria, adotar medidas para aprimorar as práticas inadequadas dos fornecedores por meio da realização de auditorias anuais de fiscalização realizadas pela própria equipe de auditoria da Spectris treinada e certificada, de maneira independente, em SA800, prestando consultoria aos fornecedores e definindo com eles, durante a auditoria, a implementação de planos de ação corretiva
  • Usar a Lista de Fornecedores Éticos identificados por meio do processo de auditoria descrito acima no Spectris Group, em que os fornecedores podem ser verificados com relação aos seus padrões trabalhistas, à conformidade em geral e à escravidão moderna e ao tráfico de pessoas em particular; e
  • Descredenciar fornecedores que não melhoram seu desempenho de acordo com um plano de ação ou que violam gravemente nosso código de conduta do fornecedor.

1.2 Indicadores de desempenho

A Panalytical tem Malvern analisou seus KPIs (indicadores-chave de desempenho) levando em conta a introdução da legislação de Escravidão Moderna em várias partes do mundo. Como resultado;

  • A Spectris treinou integralmente todos os auditores e outras equipes relevantes que trabalham no Escritório de Compras da Região Ásia-Pacífico da Spectris responsável por 100% do valor das ordens de compra feitas pela Malvern Panalytical nos 20 principais países em risco de escravidão moderna identificados acima;
  • A Spectris desenvolveu um sistema dentro da Cadeia de Fornecimento da Região Ásia-Pacífico para verificação, na cadeia de fornecimento, de novos fornecedores em potencial nos 20 principais países em risco identificados acima. Esse sistema está em operação desde março de 2011 para avaliar os fornecedores em potencial antes de eles entrarem na cadeia de fornecimento;
  • A Spectris está desenvolvendo um sistema para estender a verificação da cadeia de fornecimento para todos os países além dos vinte países em risco e para os países em risco não incluídos no processo de compras da região Ásia-Pacífico. O sistema deve entrar em operação em dezembro de 2016. Com ele, a organização avaliará os fornecedores em potencial antes de eles entrarem na cadeia de fornecimento;
  • A Malvern Panalytical avaliou suas cadeias de fornecimento existentes nos 20 principais países identificados acima como em risco, o que foi concluído em dezembro de 2015.
  • A Spectris requer que todas as equipes do mundo todo e as responsáveis pelo gerenciamento das cadeias de fornecimento nos países que não fazem parte dos 20 em risco façam o treinamento em escravidão moderna até dezembro de 2016;

2 Auditoria da cadeia de fornecimento

Do gasto total com estoque para 2015, 15% foram feitos com países que fazem parte dos 20 em risco identificados acima. Desses 15%, 14,89% foram auditados.

As auditorias da cadeia de fornecimento são realizadas nos fornecedores, e os certificados, concedidos a esses fornecedores que atendem aos requisitos do padrão. Elas são realizadas pelos próprios auditores da Spectris, que foram treinados de modo independente para atender aos padrões de auditoria do padrão internacional de Responsabilidade Social SA8000.  Auditorias adicionais específicas foram adicionadas para cobrir o nível de foco mais elevado em escravidão e tráfico de pessoas exigido pela Seção 54 do UK Modern Slavery Act de 2015 e do California Transparency in Supply Chain Act de 2010;

O processo de auditoria é o seguinte:

2.1 É enviado aos fornecedores um questionário que contém todos os elementos do Padrão SA8000, além das seções Antiescravidão adicionais, e solicita feedback sobre a visão de conformidade dos fornecedores.
2.2 Uma auditoria inicial é realizada por 2 ou 3 dias. As não conformidades são registradas, e as ações corretivas são definidas com uma data final para conclusão.
2.3 Quando todas as ações corretivas estiverem concluídas, um certificado será emitido para o fornecedor, e um cronograma de auditoria, definido.
2.4 Esse é um cronograma de auditoria de três anos. Anualmente, uma auditoria de fiscalização é feita em aproximadamente 30% de nossos fornecedores "em risco", com foco em elementos específicos do padrão, seguida de uma auditoria de recertificação completa após três anos da emissão do certificado original. 

3 Certificação

O processo de certificação do fornecedor está totalmente descrito acima. Os certificados são emitidos para conformidade com SA8000, e a certificação poderá ser colocada em risco se não conformidades surgirem durante as auditorias de fiscalização ou recertificação. Um fornecedor certificado anteriormente terá um período, determinado de acordo com a gravidade da não conformidade, para retificar as não conformidades. Se for decidido que um fornecedor não consegue mais atender aos requisitos do padrão, um período de saída dos negócios será acordado com o fornecedor. 

O cronograma de auditoria inclui um requisito para todos os fornecedores nos países em risco para realizar suas próprias auditorias de suas cadeias de fornecimento. Os auditores verificam o status de conformidade da cadeia de fornecimento durante as auditorias de fiscalização e recertificação.

Nosso código de conduta de fornecedores requer que todas as mercadorias fornecidas estejam em conformidade com as especificações do produto estabelecidas pela Spectris e suas Empresas Operacionais, bem como em conformidade com os padrões e as regulamentações nacionais e internacionais.

4 Responsabilidade interna

A Spectris tem padrões internos de conduta comercial em vigor aplicáveis a toda a organização que regem a ações de nossa empresa e dos funcionários. E ela os mantém dentro do mais alto nível de responsabilidades éticas e sociais. Nosso objetivo é trabalhar com fornecedores que adotam os mesmos princípios que os nossos e atuam em conformidade com eles.

A Spectris opera as seguintes políticas que descrevem sua abordagem à identificação dos riscos de escravidão moderna e aos passos a serem seguidos para evitar escravidão e tráfico de pessoas em suas operações:

  • Política de denúncia: recomendamos que todos os nossos funcionários, fornecedores, clientes e outros parceiros de negócios relatem quaisquer preocupações relacionadas às atividades diretas da organização ou às suas cadeias de fornecimento. Isso inclui quaisquer circunstâncias que possam dar origem a um risco mais alto de escravidão ou tráfico de pessoas. O procedimento de denúncia da organização foi projetado para tornar mais fácil para os funcionários a realização de denúncias, sem medo de retaliação. Funcionários, clientes ou outras pessoas que tenham preocupações podem usar a linha direta confidencial da Spectris.
  • Código de Ética Empresarial: nosso código deixa claro para os funcionários as ações e o comportamento esperados deles ao representar a organização. A organização se esforça para manter os mais altos padrões de conduta e comportamento ético do funcionário ao operar em outros países e gerenciar sua cadeia de fornecimento.
  • Código de conduta do fornecedor: estamos comprometidos em garantir que nossos fornecedores sigam os mais altos padrões de ética. Os fornecedores devem demonstrar que eles proporcionam condições de trabalho seguras onde necessário, tratam os funcionários com dignidade e respeito e agem com ética e dentro da lei na utilização de mão de obra. A organização trabalha com os fornecedores para garantir que eles atendam aos padrões do código e melhorem as condições de trabalho dos funcionários. No entanto, violações graves do código de conduta do fornecedor da organização resultarão no encerramento do relacionamento comercial. O processo de auditoria e certificação detalhado acima descreve o processo e as etapas seguidas para implementar o código de conduta em relação à escravidão e ao tráfico de pessoas.
  • Política de recrutamento/funcionários de agência Usamos somente agências de emprego específicas e de reputação para fornecimento de mão de obra e sempre verificamos as práticas de qualquer agência nova que planejamos usar antes de aceitar funcionários dessa agência. Esperamos que nossos fornecedores, particularmente nos países com alto risco de Escravidão e Tráfico de Pessoas identificados, façam o mesmo, e fazemos auditoria desse requisito por meio do processo de auditoria e certificação detalhado em vários lugares desta declaração.

5 Treinamento

A Spectris reconhece que todas as equipes de gerenciamento da cadeia de fornecimento dentro da organização que trabalham em todos os países precisas fazer o treinamento completo em escravidão moderna e tráfico de pessoas.

A intenção é projetar e implementar o material de treinamento e as sessões de treinamento para todas as equipes de gerenciamento da cadeia de fornecimento dentro da organização que trabalham em todos os países. Assim que o material estiver pronto, solicitaremos que todas as equipes relevantes confirmem a compreensão e a aceitação dos requisitos até dezembro de 2016.

O treinamento em escravidão moderna da Spectris abordará:

  • As práticas de compras da nossa empresa, que influenciam nas condições da cadeia de fornecimento e que, portanto, devem ser projetadas para evitar compras em preços baixos irreais, o uso de mão de obra com salários baixos irreais ou salários abaixo do salário mínimo nacional de um país ou o fornecimento de produtos em um prazo irreal;
  • Como avaliar o risco de escravidão e tráfico de pessoas em relação a vários aspectos dos negócios, incluindo recursos e suporte disponíveis;
  • Como identificar os sinais de escravidão e tráfico de pessoas;
  • Quais etapas iniciais deverão ser seguidas se houver suspeita de escravidão ou tráfico de pessoas;
  • Como encaminhar possíveis problemas de escravidão ou tráfico de pessoas para as partes relevantes dentro da organização;
  • Qual ajuda externa está disponível, por exemplo, por meio da Linha Direta de Escravidão Moderna, da Gangmasters Licensing Authority e da iniciativa "Mais fortes juntos;
  • Quais mensagens, incentivos de negócios ou orientações podem ser passados aos fornecedores para implementar políticas antiescravidão; e
  • Quais etapas a organização deverá seguir se os fornecedores não implementar as políticas antiescravidão em cenários de alto risco, incluindo a remoção das cadeias de fornecimento da organização.

5.1 Programa de elevação da conscientização

Assim como o treinamento da equipe de gerenciamento da cadeia de fornecimento, a Spectris pretende conscientizar todos os outros funcionários da organização sobre os problemas da escravidão moderna adicionando como um módulo, dentro da organização, um programa mais amplo de treinamento em direitos humanos/ética/comércio ético.

O módulo explicará à equipe o seguinte:

  • Os princípios básicos do Modern Slavery Act 2015;
  • Como os empregadores podem identificar a escravidão e o tráfico de pessoas;
  • O que os funcionários podem fazer para levar os possíveis problemas de escravidão ou tráfico de pessoas ao conhecimento das partes relevantes dentro da organização; e
  • Qual ajuda externa está disponível, por exemplo, por meio da Linha Direta de Escravidão Moderna.