O Aero S é um acessório de dispersão de pó seco completamente novo e desenvolvido com base no mais moderno conhecimento em dispersão de pós. Com design modular, é facilmente configurado para diferentes aplicações, oferecendo eficiência na dispersão de amostras de materiais coesos e frágeis.

  • Acessório adequado para medições de partículas coesas e frágeis.
  • Sistemas de impactação disponíveis para a dispersão de materiais coesos.
  • Controle preciso da pressão de ar na dispersão com regulagem de até ±0,1 bar com excelente reprodutibilidade.
  • Linha de bandejas e funis para alimentação de amostras com capacidade de medição para diversos volumes de amostras.
  • Célula fechada com capacidade de medições sem interrupções e menor exposição do usuário à amostra.
  • Controle total do software sobre todas as funções de medição, incluindo alimentação e dispersão de amostras.
  • Dispersores de cerâmica disponíveis para materiais abrasivos.

A medição a seco do tamanho de partículas é rápida e não é necessário o uso de dispersantes líquidos (aditivos). Este é o melhor método para muitos tipos de pós secos, sendo especialmente importante quando o tamanho da partícula é influenciado por hidratação. O Aero S dispersa as amostras por aceleração das partículas através de um tubo de Venturi, utilizando ar comprimido. As partículas são, então, puxadas e atravessam as células de medição do Mastersizer 3000 por meio de uma fonte de vácuo.

A eficiência da dispersão é controlada por três variáveis: pressão do ar, velocidade de alimentação das amostras e geometria do dispersor.


Mecanismos de dispersão de pó a seco: a medição se baseia no fornecimento de energia suficiente para romper os aglomerados sem provocar danos às partículas primárias. Para isso, os dispersores de pó seco aceleram as partículas na corrente de ar.

Na dispersão de pó seco, há sempre a possibilidade de danos às partículas, por causa da alta velocidade em que as partículas passam pelo sistema do dispersor. A exclusiva geometria do Aero S minimiza esse problema, evitando superfícies ou zonas de impactação. A dispersão é obtida com a aplicação de intensa força de cisalhamento, ao invés do impacto das partículas sobre uma superfície. O resultado é uma dispersão suave, mas altamente eficiente, que pode ser aplicada com sucesso, mesmo em materiais relativamente friáveis. Para amostras fortemente aglomeradas e bem resistentes existem outros sistemas de impactação opcionais. A queda de pressão do ar no tubo de Venturi é manipulada para obter a dispersão completa da amostra, podendo ser controlada com precisão em até +/-0,1 bar.

A velocidade de alimentação das amostras através do Aero S é controlada por um alimentador vibratório, que controla a quantidade adequada para a medição. Ele é equipado com uma bandeja intercambiável ​​que pode ser configurada para assegurar a medição de toda a distribuição de tamanho de partículas e de modo reprodutível.

Graças à sua elevada taxa de aquisição de dados, o Mastersizer 3000 faz a análise da amostra com bastante eficiência, pois todo o material passa rapidamente pela célula de medição. Isto aumenta a precisão da medição e agiliza a análise.

Em conjunto, esses recursos proporcionam uma dispersão confiável e reprodutível para uma grande variedade de amostras de pós secos.

Tamanho da partícula:
0,1 a 3500 µm †
Faixa de pressão de dispersão:
0 a 4 bar
Precisão da regulagem de pressão:
+/- 0,1 bar
Acurácia da regulagem de pressão:
+/- 0,03 bar
Faixa de velocidade de alimentação:
0 - 58 ms-2 (expresso como 0-100%)
Precisão da velocidade de alimentação:
2% FS
Materiais em contato com o dispersante, aditivos e amostra:
Aço inoxidável 316. 410 aço inox endurecido. Vidro de borossilicato EPDM. PTFE. Poliuretano. Carbono acetal. Alumínio. Neopreno.
Tamanho máximo das partículas:
3500 µm †
Tempo mínimo entre medições:
Menos de 60 s †
Dimensões (L, P, A):
180 mm x 260 mm x 380 mm
Peso:
10,5 kg
Potência:
Fornecida pela unidade óptica.
†:
Depende da amostra