Visão geral

O analisador de tamanho de partículas Insitec Wet, com configuração personalizada, proporciona medição totalmente automatizada de partículas em tempo real - ou manual em linha - para processos úmidos contínuos e em lotes. É usado para monitoramento e controle em várias indústrias, em aplicações que vão desde fluxos minerais quentes e pegajosos, altamente concentrados, até emulsões farmacêuticas lipídicas diluídas.

  • Modelo básico de hardware fabricado segundo as normas GAMP5 e compatível com as exigências CIP/SIP para atender as especificações de produção.
  • Software de fácil utilização e operação totalmente automatizada para minimizar a necessidade de treinamento e reduzir o tempo do operador.
  • Integração com plataformas de controle existentes para simplificar o desenvolvimento da automação de controle.
  • Alta confiabilidade superior a 95%, baixo tempo de parada, manutenção mínima e máximo retorno sobre o investimento.
  • Célula de comprimento variável que oferece flexibilidade de personalização de acordo com os requisitos específicos de cada aplicação.
  • As configurações variam desde misturadores em linha simples com passagem de fluxo até soluções de diluição totalmente automatizadas para atender os requisitos de cada aplicação.

Como funciona

Visão geral
Todas as instalações Insitec são adaptadas às necessidades específicas de cada aplicação. Elas variam de sistemas simples at-line com alimentação manual a soluções online totalmente automatizados e validados para monitoramento contínuo e controle multivariável. A Malvern Panalytical trabalha em parceria com seus clientes, fornecendo experiência, hardware e software, onde e quando necessário. Isso garante economia e sucesso na implementação de projetos e retorno positivo sobre o investimento.

Fatores de sucesso
O sucesso da análise de processos depende da consideração detalhada de três componentes críticos:

  • A interface com o processo.
  • A medição da amostra.
  • A apresentação e a utilização dos dados.

A interface do processo
Os sistemas Insitec fazem parte dos equipamentos de processo e operam em ambientes industriais. Obter a interface correta entre o instrumento e o processo é essencial para uma operação duradoura e livre de problemas.

A Malvern Panalytical possui tecnologia comprovada para a maioria das aplicações concebíveis em processos de via úmida. Desde dispositivos integrados para diluição de amostras com diluidores em cascata multi-estágios, para pastas altamente concentradas, até amostradores estáticos simples para suspensões e emulsões mais diluídas. Estratégias comprovadas garantem que as amostras representativas sejam automática e consistentemente fornecidas à zona de medição, devidamente dispersas e com concentração adequada para análise.

Os sistemas Insitec at-line ficam próximos ao processo e tem alimentação manual. Para uma operação contínua e automatizada, o Insitec é instalado na linha do processo ou em um circuito de amostragem associada.

A medição, quando feita em estado de dispersão adequada, garante acesso a dados relevantes, seja o interesse em aglomerados ou o tamanho das partículas primárias.

Pode haver necessidade de um Insitec dedicado para cada ponto de medição ou ainda é possível monitorar várias linhas ou etapas de um processo com um único sensor. Tudo depende da frequência de medição necessária.

Interfaces com o processo e sistemas online bem projetadas:

  • Oferecem amostras representativas do processo diluído a uma concentração apropriada para a medição.
  • Funcionam de forma confiável com o mínimo de manutenção, sem interromper o processo.
  • Reciclam os materiais analisados ​​para minimizar o desperdício, onde possível.

Medição da amostra
Os sistemas Insitec utilizam a técnica de difração laser para medir rapidamente o tamanho das partículas. Quando aplicados a sistemas de via úmida, as distribuições completas do tamanho das partículas podem ser medidas em menos de um segundo, proporcionando monitoramento instantâneo. Mesmo processos com dinâmica rápida podem ser monitorados de forma eficaz.

Os sistemas Insitec medem diretamente o fluxo do processo. Muitos processos de via úmida têm cargas elevadas de sólidos, fazendo da diluição um requisito essencial para a medição por difração laser. No entanto, os sistemas Insitec possuem algoritmos patenteados de correção de multi-espalhamento que ampliam a faixa de trabalho em termos de concentração. Esses algoritmos corrigem matematicamente o efeito (que depende da concentração) da fonte de luz que interage não com uma, mas com várias partículas, antes de chegar aos detectores. Mais amostras podem ser medidas sem diluição; soluções concentradas requerem menos pré-tratamento. E todas as medições são bastante independentes da concentração da amostra.

O sistema de configuração personalizada do Insitec Wet possui uma célula de extensão variável que oferece a flexibilidade de adequar a zona de medição para altas temperaturas ou pressões ou de lidar com cargas altas ou variáveis de sólidos. Ele gera dados confiáveis, completos e em tempo hábil, relatando a distribuição completa do tamanho das partículas, até mesmo para os processos mais difíceis. Esses dados fornecem uma base segura para melhor controle de processos, seja o controle manual ou automatizado.

Apresentação e utilização dos dados
Os sistemas Insitec são integrados aos processos da planta. Normalmente, são operados a partir de uma sala de controle centralizada, e os resultados das medições conduzem a tomada das decisões de rotina. Pacotes inteligentes de software simplificam a interpretação e a integração dos dados.

O software Malvern Link II oferece a funcionalidade necessária para integrar um Insitec dentro do sistema de controle existente e automatizar o controle de processos. Ele permite a operação do analisador a partir do computador dedicado ou de sistemas de controle existentes. Vale ressaltar que o Malvern Link II não se limita apenas à integração do Insitec. Este software também facilita a integração de outros instrumentos, simplificando o controle multivariável.

O software RTSizer apresenta os dados das medições de forma clara e acessível. A comunicação dos resultados pode ser adaptada às normas da indústria e do cliente para melhorar o fluxo de informações. Os dados do Insitec são utilizados para:

  • Melhorar a compreensão do processo.
  • Proporcionar detecção instantânea de alterações.
  • Apoiar a total otimização de processos.
  • Automatizar o controle de processos.

Como são relatadas as distribuições completas dos tamanhos das partículas, o monitoramento e o controle podem se basear em qualquer fração de tamanho que seja de interesse: os finos, a fração de 3 a 30 micra, a quantidade de material acima de 200 micra, por exemplo. Os dados do Insitec conduzem as estratégias de otimização de controle manual e possibilitam a total automação do controle de processos, proporcionando substancial retorno econômico.

Especificação

Sistema

Tipo de medição:
Tamanho da partícula
Faixa de medição:
0,1 a 2500 µm
Princípio de medição:
Difração laser
Modelos ópticos:
Teoria de Mie
Precisão:
± 2% em Dv(50), indicada usando o retículo de verificação

Geral

Potência:
100/240 V
Grau de proteção do invólucro:
IP65
Plataformas operacionais:
10 bar (g)
Software:
RTSizer (para controle do instrumento) Malvern Link II (para automação do sistema e comunicação de dados)
Distância máxima do instrumento ao PC:
500 m (até 2 km com fibra óptica)

Ambiente operacional

Temperatura:
10°C a 70°C
Umidade:
35% a 80% (sem condensação)