Análise Forense

Uma gama de ferramentas e técnicas analíticas é empregada na descoberta de provas ou exame de materiais relevantes à investigação de crimes ou a outros processos judiciais. Tais evidências forenses podem assumir a forma de amostras biológicas, materiais residuais depositados e resíduos ou materiais contaminantes, falsificados ou fraudulentos.

A instrumentação analítica usada em estudos forenses evoluiu para se tornar cada vez mais sensível e fornecer novas informações e níveis crescentes de detalhes, abrindo novas possibilidades em investigações legais.

A Espectroscopia Raman Dirigida Morfologicamente (MDRS®) combina a formação de imagens de partículas automatizadas e a espetroscopia Raman em um único instrumento. Isso fornece tamanho de partícula e análise de forma com a identificação química, inestimável para a discriminação entre vários componentes dentro de uma mistura ou para a detecção de partículas contaminantes em uma amostra. É fornecida uma assinatura distinta que pode ajudar a identificar um objeto ou substância, determinar sua origem ou detectar alterações em sua integridade resultante de contaminação. A exportação direta do espectro Raman de uma partícula desconhecida do software Morphologi 4-ID da Malvern Panalytical para o KnowItAll® ID Expert da Wiley, com seu extenso banco de dados químico, aprimora as informações obtidas pela MDRS.

A MDRS pode ser usada para interrogar uma variedade de tipos de evidências forenses, incluindo:

Fale com Vendas Cadastre-se já!