Microcalorímetros

Para análise de interação e estabilidade

Os microcalorímetros são equipamentos ultrassensíveis de calorimetria, que medem alterações muito pequenas de calor das reações químicas. Os microcalorímetros usam pequenos volumes de amostra, tornando-os adequados para biomateriais como proteínas, ácidos nucleicos e lipídios. 

Por que um microcalorímetro é adequado para minha aplicação?

Os microcalorímetros são usados para estudar interações de ligação entre moléculas e também mudanças conformacionais como o desenovelamento de proteínas. Uma vez que os microcalorímetros medem calor, a microcalorimetria é considerada uma técnica livre de marcação. Além disso, os microcalorímetros não necessitam que as proteínas e outros biomateriais sejam capturados ou imobilizados.

A detecção da mudança de calor por microcalorímetros não é óptica e não depende de medições de fluorescência, de modo que os microcalorímetros podem ser usados, essencialmente, com qualquer proteína nativa ou biopolímeros. As aplicações variam desde a confirmação de alvos de ligação na descoberta de medicamentos de pequenas moléculas até o desenvolvimento de medicamentos biológicos estáveis.

Os microcalorímetros incluem dois tipos de equipamentos: Calorimetria de titulação isotérmica (ITC) e Calorimetria diferencial de varredura (DSC).    

Microcalorímetros Malvern Panalytical

Disponibilizamos os microcalorímetros MicroCal PEAQ-ITC e MicroCal PEAQ-DSC. Os microcalorímetros MicroCal são fabricados desde a década de 1970 e são líderes no mercado de ciências da vida e descoberta e desenvolvimento de medicamentos. Os microcalorímetros MicroCal PEAQ-ITC e MicroCal PEAQ-DSC são fabricados com precisão para uma detecção sensível de calor, além da facilidade de uso e confiabilidade. Todos os microcalorímetros MicroCal são fornecidos com software para controle do equipamento e análise de dados.