A medição de massa ressonante é uma técnica usada de uma forma inovadora pelo Archimedes para detectar e contar partículas invisíveis e submicrométricas em uma amostra e para medir seu tamanho, massa e distribuições de tamanho e massa. O princípio do Archimedes está em um sensor MEMS (Sistemas Microeletromecânicos), cuja estrutura ressoante contém um canal de microfluidos incorporados em sua superfície. Quando uma partícula com 50nm - 5µm flui pelo canal de fluido, ela altera a frequência de ressonância da estrutura que indica a massa flutuante e também a massa seca e o tamanho da partícula.

O sensor também é capaz de fornecer informações sobre a concentração da amostra, viscosidade, densidade e volume, além de poder detectar e medir tanto negativa quanto positivamente as partículas flutuantes em uma amostra. A detecção de partículas flutuantes positivas é extremamente útil, por exemplo, para distinguir entre agregados de proteína e gotas de óleo de silicone contaminantes em uma formulação biofarmacêutica.

O uso da medição de massa ressoante por Archimedes oferece as seguintes vantagens:

  • Contagem de partículas rápida, precisa, reproduzível e confiável e determinação de massa de partículas e tamanho na faixa de 50nm - 5µm.
  • Determinação de massa de 350ag.
  • Pouco ou nenhum preparo da amostra é necessário.
  • Consumo mínimo de amostras (100µL).
  • Alta concentração (109 partículas/mL).
  • Alta viscosidade (100 cP).
  • Diferenciação entre partículas flutuantes positivas e negativas.
  • Calibração rápida utilizando padrão NIST.