O Zetasizer Pro incorpora a tecnologia de espalhamento traseiro não invasivo (NIBS®) para dar maior precisão às medidas do tamanho de partículas e moléculas em uma faixa de concentração estendida.

O sistema também oferece excelentes medições de potencial zeta e mobilidade eletroforética com a tecnologia M3-PALS. A adição do modo de corrente constante para medir a mobilidade eletroforética e o potencial zeta em meios de alta condutividade reduz a probabilidade de erros associados à separação de cargas em concentrações iônicas mais altas.

Uma grande variedade de cubetas está disponível para diversas aplicações de medições, incluindo células capilares dobradas, descartáveis e acessíveis para medir volumes de amostra muito baixos usando o método patenteado de barreiras de difusão, sem contato direto entre a amostra e o eletrodo.

O novo pacote de software ZS Xplorer foi projetado para simplificar e automatizar até mesmo análises complexas, permitindo que medições complexas sejam concluídas sem a necessidade de conhecimento especializado. Seu exclusivo fluxo de trabalho centrado em amostras oferece o que há de melhor em facilidade de uso e flexibilidade, tornando mais rápido e fácil do que nunca passar da inserção de amostras para a obtenção de resultados.

O Zetasizer Pro incorpora duas tecnologias em uma única unidade compacta, com vários acessórios e opções para otimizar e simplificar a medição de diferentes tipos de amostras.

O espalhamento de luz dinâmico (DLS) é usado para medir o tamanho de partículas e moléculas. Ele mede a difusão de partículas que se movem sob movimento browniano e converte essa medida em tamanho e em distribuição de tamanho das partículas utilizando a relação de Stokes-Einstein. A tecnologia de espalhamento traseiro não invasivo (NIBS) é incorporada para oferecer a maior sensibilidade à mais ampla variedade de tamanhos e concentrações.

O DLS é um método de dimensionamento altamente flexível que é rápido, preciso e repetível. Ele requer apenas pequenos volumes de amostra para análise e não é destrutivo. Essa técnica não depende do material e é, portanto, amplamente aplicável.

O espalhamento de luz eletroforético (ELS) é usado para medir o potencial zeta. Um campo elétrico é aplicado a uma solução de moléculas ou a uma dispersão de partículas, que passarão a se mover com uma velocidade relacionada à sua carga. Essa velocidade é medida por uma técnica interferométrica a laser patenteada, chamada M3-PALS (espalhamento de luz com análise de fases). Com ela, é possível fazer o cálculo da mobilidade eletroforética e, a partir dessa, o potencial zeta e a distribuição do potencial zeta de uma amostra.

O uso do ELS normalmente refere-se à estabilidade e às aplicações de formulação. As partículas ou moléculas sem carga podem se unir, o que pode ser um desafio em alguns sistemas, como formulações de proteína, que são propensos à agregação. As partículas e moléculas que têm carga positiva ou negativa manterão distância umas das outras de uma forma melhor, criando um sistema estável. A formulação que contém essas partículas ou moléculas tem bastante influência no seu estado de carga, e as alterações nos atributos da formulação, como pH, concentração de aditivo e concentração iônica podem afetar a estabilidade e vida útil do produto.

Pacote de software ZS Xplorer
O software foi desenvolvido para ser fácil de usar até mesmo na construção rápida de diversos métodos complexos. As informações sobre a amostra, suas condições e as variáveis a serem testadas são inseridas no início de uma execução, e o ZS Xplorer usa essas informações de forma inteligente para otimizar o método dessa amostra. O sistema de orientação de qualidade dos dados com tecnologia de aprendizado profundo fornece feedback sobre os resultados e faz sugestões sobre como os dados podem ser aprimorados, se necessário.  

Opções
O titulador automático MPT-3 permite estudar o efeito das alterações de pH.

Uma variedade de células descartáveis e reutilizáveis está disponível para otimizar a medição em termos de volume e concentração da amostra.

Tamanho de partículas e tamanho molecular

Princípio de medição:
Espalhamento de luz dinâmico (NIBS – espalhamento traseiro não invasivo)
Espalhamento de luz dinâmico (13°, 173°)
Ângulo de medição:
173°, 13° ¹
Faixa de medição:
Diâmetro: 0,3 nm a 10 μm²
Volume mínimo da amostra:
12 μL
Faixa de concentração:
Concentração mínima de amostra³:  
NIBS (173°): 
0,1 mg/mL 
 
Ângulo frontal (13°): 
10 mg/mL 
 
Ângulo lateral (90°): 
N/A
 
MADLS: 
N/A
 
Concentração máxima de amostra⁴ ⁵:  
40% w/v 

Potencial Zeta

Princípio de medição:
Medição de modo misto, espalhamento de luz com análises de fase (M3-PALS)
Faixa de tamanho:
3,8 nm a 100 μm (diâmetro)²
Volume mínimo da amostra:
20 μL⁶
Faixa de concentração:
10 mg/mL³ – 40% w/v⁴ ⁵
Faixa de condutividade da amostra:
Máximo: 260 mS/cm 
Precisão: ± 10%

Sistema

Detector:
Fotodiodo avalanche
Faixa de controle da temperatura:
0 °C a 120 °C⁷
Dimensões (L, P, A):
322 mm x 565 mm x 245 mm
Peso:
19 kg
Potência:
CA 100-240 V, 50-60 Hz, 4,0 A
Consumo de energia:
Máx. 100 W, 45 W típico
Condições do ambiente:
+10°C a +35 °C (+50 F a +95°F) 35% - 80% RH (sem condensação)
Interface:
USB 2.0 ou superior

Observações

:
1. Água como dispersante de amostra; 
2. Intervalo do modo pico (diâmetro) 0,6 nm a 10 μm; dependente da amostra e da preparação da amostra; 
3. Medido usando proteína com kDa de 15; 
4. Depende da amostra; 
5. Medido usando ácido biliar; 
6. Usando o método de barreira de difusão; 
7. Precisão da temperatura de 0,1°C a 25°C, 0,2°C a 0°C, 0,5°C a 90°C, 2,5°C a 120°C

Zetasizer Pro

Acessórios

Viscosímetro SV-10

Image

Medição da viscosidade com rapidez, simplicidade e precisão.

O SV-10 mede a viscosidade com a precisão necessária para o espalhamento de luz dinâmico, para a conversão da velocidade de difusão em tamanho e da mobilidade eletroforética em potencial zeta, em um sistema extremamente simples e veloz.

Mais informações

Opções de células e cubetas

Célula capilar descartável (DTS1070)

Image

Elimine a contaminação cruzada de amostras entre cada medição do potencial zeta usando uma célula completamente descartável.

O potencial zeta de sistemas coloidais e moléculas é extremamente sensível à contaminação provocada por componentes de uma amostra anterior usada numa célula de medição. O uso de uma célula descartável elimina completamente esse possível problema de contaminação.

A célula capilar proporciona os benefícios da precisão de medição de uma célula capilar com a facilidade de utilização de uma célula descartável.

Embora descartável, incluindo os eletrodos para amostras de baixa condutividade, cada célula pode ser usada para centenas de medições, quando possível.

A célula pode ser utilizada com o autotitulador, quando várias medições são rotineiramente feitas ao longo de uma grande variedade de pH.

Kit de célula de 'imersão' universal

Image

Célula reutilizável resistente a solventes.

A célula de imersão é usada para a medição do potencial zeta de amostras em dispersantes aquosos e não aquosos, tendo sido projetada para ser limpa e reutilizada. Destina-se a medições em lotes usando cubetas de vidro ou poliestireno padrão.

Kit de células para potencial zeta de alta concentração

Image

Economize tempo e esforço medindo o potencial zeta com pouca ou nenhuma diluição.

A célula de alta concentração possibilita a medição do potencial zeta de amostras com pouca ou nenhuma diluição em qualquer sistema Zetasizer Nano que meça o potencial zeta.

A célula é configurada no modo de fluxo, portanto, controla o fluxo de amostra para as medições de tamanho e potencial zeta utilizando o autitulador MPT-2, assim como fazer medições manualmente.

Célula de vidro quadrada de 12 mm (PCS8501)

Cubeta de vidro para medições de amostras.

  • Para medições de tamanho e massa molecular.
  • Compatível com solventes e dispersantes aquosos e não aquosos.

Cubeta de vidro de 12 mm (PCS1115)

Cubeta de vidro para utilização com a célula de imersão.

  • Para medições de tamanho e potencial zeta utilizando a célula de "imersão".
  • Compatível com solventes e dispersantes aquosos e não aquosos.

Cubeta de quartzo para pequenos volumes (ZEN2112)

Cubeta de quartzo para pequenos volumes para medições de tamanho e massa molecular.

  • Compatível com medições de tamanho e massa molecular, com solventes e dispersantes aquosos e não aquosos.
  • Volume mínimo de amostra 12 microlitros.
  • Volume máximo 45 microlitros.

Cubetas de poliestireno quadradas com 12 mm (DTS0012)

Cubetas de poliestireno descartáveis​​.

  • 100 cubetas descartáveis ​​completas com 100 tampas para evitar contaminação cruzada.
  • Para medições de tamanho usando dispersantes aquosos.
  • Compatível com medições de potencial zeta usando a célula de imersão.

Microcubeta descartável resistente a solventes (ZEN0040)

Microcubeta de plástico descartável, para medição de tamanho somente em ângulo de 173° (ENE).

  • Cubetas de 100 x 40 µL com 100 tampas para evitar contaminação cruzada.
  • Compatível com amostras aquosas e uma variedade de outros solventes: acetona, benzaldeído, butanona, dioxano, DMF, acetato de etila, isopropanol, além de vários ácidos e bases.
  • Óptica NIBS para medições versáteis e de grande sensibilidade do tamanho de partículas e moléculas
  • O Espalhamento de luz dinâmico (DLS) mede o tamanho de partículas e moléculas de 0,6 nm a 10 µm
  • M3-PALS com modo de corrente constante para medições de potencial zeta e mobilidade eletroforética
  • Pacote de software ZS Xplorer para configuração e análise de dados rápidas e flexíveis
  • Correlação adaptável para medições de tamanho mais rápidas e replicáveis, com menos preparação de amostra
  • Sistema de qualidade de dados com tecnologia de aprendizado profundo para avaliar quaisquer problemas com qualidade de dados de tamanho e fazer sugestões sobre como melhorar os resultados
  • Filtro óptico com filtro de fluorescência para permitir a medição de amostras fluorescentes sem prejudicar a sensibilidade geral do sistema.  Inclui também filtros de polarização para medições de DDLS.